13 de dez de 2016

Olha que coisa interessante ....Quantas vezes somos feridos pelas palavras rudes de alguém?







Ostra Feliz, não produz Pérola!

Quando um corpo estranho (Grão de areia, ou um parasita) entra em uma Ostra, causa muita dor e inflamação na mesma, dentro da ostra é encontrada uma substância lustrosa chamada NÁCAR. Quando um grão de areia a penetra, as células do NÁCAR começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra.

E como resultado de toda esta dor e inflamação, uma linda pérola vai se formando!
As Pérolas são produtos da dor! Resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra. Uma ostra que não foi ferida, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

Quantas vezes somos feridos pelas palavras rudes de alguém? – Ou fomos acusados de ter dito coisas que não dissemos? – Você já sofreu os duros golpes na vida? E por entregar a nossa vida á Deus, quantas vezes já sofremos a dor de ser rejeitado devido a nossa crença, recebendo o troco da indiferença e do preconceito?

As virtudes de um homem e mulher tementes á Deus são como pérolas valiosas. Olhe para a ostra, Ela é bonita, mas o seu verdadeiro valor está dentro dela. Existem muitas ostras no mundo, mas são poucas as que trazem o valor precioso que é a pérola! A pérola que está dentro da ostra é que vale infinitamente mais, não importando o tamanho, a beleza e a cor da ostra.

Cubra suas mágoas e dores com várias camadas de amor. Infelizmente, são poucas as pessoas que se interessam por esse tipo de movimento. A maioria aprende apenas a cultivar ressentimentos, deixando as feridas abertas, alimentando-as com vários tipos de sentimentos pequenos e, portanto, não permitindo que Deus as cicatrize.

Assim, na prática, o que vemos são muitas “Ostras Vazias”, não porque não tenham sido feridas, mas, porque não souberam perdoar, compreender e transformar a dor em amor. Você pode agir de maneira sábia e transformar suas Feridas em Pérolas! É um processo doloroso no início, mas recompensador no resultado final.



Uma ostra que não foi ferida não produz pérolas… As pérolas são feridas curadas!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário