11 de dez de 2016

Os seres vivos são feitos de luz




Um Biofóton é um tipo de partícula de luz que existe em todos os seres vivos. Apesar de existir no espectro visível ultravioleta, para vermos a olho nu, precisaríamos de uma visão 1000 vezes mais sensível.
Porém a ciência conseguiu descobrir que os biofótons não são só somente produto do metabolismo químico dos seres vivos. Na verdade, eles podem ser capturados e armazenados sentro de células… podem até mesmo viajar pelo nosso sistema nervoso! Isso pode comprovar que os biofótons podem transferir energia e comunicar informações, ajudando na visualização de imagens.
Isso ajuda a entender como estamos criando computadores: esses são feitos e montados a partir de chips de cristal de silicone pelos quais passa-se a luz em intervalos. O primeiro computador originariamente foi criado por um bulbo de lâmpada e grandes chips que se programavam pela frequência da emissão de luz.
Os cientistas então descobriram que nosso DNA é uma forte fonte de biofótons, que se comunicam entre si e criam luz. Esse tipo de “laser” (exciplex) criado pela transmissão de luz se consiste em pseudo-moléculas que só existem em estado excitado de matéria e emitem luz a nível ultravioleta.
Um estudo colocou um grupo de pessoas em uma sala escura e foram pedidos que visualizassem uma luz brilhante. Quando fizeram isso, os exames comprovaram que as emissões de biofótons aumentaram significantemente, mostrando que nossas intenções influenciam a luz!
A luz se mostra uma verdadeira parte dos seres vivos. Não é por acaso que já diziam que “os seres humanos são feitos de luz”! Isso poderia justificar como oReiki reage de forma significativa pelas pessoas, ao passar energia – luz – pelas mãos.


Fontes e mais informações:
Spirit Science. Biophotons demonstrate we are all made of light.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário